Home Vendas pela internet 6 Dicas para Melhorar seu Conteúdo Online

6 Dicas para Melhorar seu Conteúdo Online

Compartilhe
Dicas-para-Melhorar-seu- Conteúdo
Print Friendly, PDF & Email

Você sabe qual é a receita do sucesso de um site? Se não sabe, é porque provavelmente não existe uma fórmula ou método que devem obrigatoriamente ser seguidos! Cada empresa necessita de um tipo de abordagem para seus clientes. No entanto, há algumas dicas e ações que podem ser tomadas para que você melhore a sua experiência como usuário do site e que fazer com que seu conteúdo seja compreendido através das percepções dos clientes.

O raciocínio do qual você deve partir é: conduzir e ajudar o seu cliente a encontrar o que procura quando realiza uma busca na internet e acessa uma página, de preferência da forma mais descomplicada possível. Você pode aliar conteúdo e design para contextualizar o objetivo do seu produto e a mensagem que você deseja passar ao seu cliente.

A construção de um site envolve um apanhado geral de conhecimentos e especializações para fazer com que ele se torne atraente e que obtenha muitos acessos. Quando você resolve construir um site, deve levar em consideração quais são as melhores práticas de usabilidade, a experiência do usuário (user experience – UX), sua aparência (design) e o nível de navegabilidade para que seja estruturado de modo a dar a resposta correta para diferentes tipos de plataformas.

A maneira como a informação é arquitetada é essencial para ser corretamente identificada pelos critérios de análise de relevância de buscadores como o Google. Há diversas ferramentas dos buscadores que podem ser utilizadas a seu favor, tornando-se, na verdade, oportunidades de traçar experiências que incentivem o usuário.

Para esclarecer melhor estes argumento, confira seis dicas para que seu site seja atraente e receba muito mais acessos:

1 – Projetando a navegação

Quando você pensa na página inicial – home – do seu site, deve ter em mente a maneira como quer que seu cliente navegue por ele, pois ela é a base na qual ele encontrará todo o resto do seu site. De maneira clara, trace as estratégias para que as páginas internas sejam acessadas de forma rápida, utilizando links com assuntos relacionados ao conteúdo principal.

É importante se pensar nesta estratégia nas páginas internas também, utilizando links que abordem assuntos complementares àquele conteúdo. É importante que você crie meios de fazer com que o usuário permaneça no seu site e melhor ainda quando encontra o que procura ali mesmo, porque os sites de busca avaliarão positivamente quando o buscador não fizer uma nova pesquisa após entrar em seu site. Quando você mantém o cliente navegando por sua página, você melhora o seu ranqueamento e converte muito mais.

Estabeleça um padrão de navegação, pois isso permite que você obtenha agilidade na hora de construir as páginas. Quando mais tempo você economizar do seu cliente, mais rápido será o seu acesso às informações. Abuse da coerência visual.

Por exemplo 

Suponhamos que a sua empresa é prestadora de algum serviço. Como você deve pensar o seu site? Primeiramente, é importante constatar se há páginas de descrição de serviços, e qual é a posição dos temas recorrentes, de modo que sempre que o usuário fizer uma busca, encontrará, de forma “agrupada” as informações que procura: características, benefícios, opiniões, etc. É uma estratégia que permite um comparativo através da similaridade.

Tenha cautela na hora da inovação. Não abandone a garantia que os padrões básicos sempre proporcionam e nunca abandone o bom senso. Tenha cuidado para não fazer com que excesso de inovações diminuam a navegabilidade e a praticidade do seu site. Os clientes dificilmente terão paciência para decifrar como navegar em seu site e não pensarão duas vezes para procurar outra página que oferece o mesmo que você.

2 – Landing Pages

Para quem não está familiarizado com o termo, “Landing” (do inglês) significa aterrissar. No universo online, este termo significa, basicamente, as páginas através das quais os clientes encontram e ingressam em seu site. Deve-se considerar que os sites de busca sempre mostram na lista de resultados as páginas internas do site e não somente a home. Essa lógica permite entender porque é importante que você tenha em sua página conteúdo de qualidade, pois o usuário pode encontrar já nas buscas exatamente o que está procurando em uma página interna do seu site.

Por exemplo 

Busque direcionar o usuário ao conteúdo da sua página através da navegação vertical, por etapas. A estratégia da pirâmide invertida é uma boa opção: você ressalta aquilo que é mais importante e deixa para segundo plano os detalhes do conteúdo. De maneira rápida e sucinta, você deve se mostrar entendedor do assunto ao postar informações relevantes sobre a palavra-chave, sempre pensando na velocidade com que os internautas o lerão.

3 – Padronização de elementos

É necessário sincronizar conteúdo e coerência entre as páginas de forma a manter o site organizado. Isso demonstra qualidade, método, organização e denota credibilidade para o cliente, além de auxiliar na definição e afirmação da identidade visual da empresa. Veja alguns pontos importantes: 

Tipografia: coerência no uso do conjunto tipográfico da página inicial é fundamental, não esquecendo de seguir o padrão de fontes e tamanhos para os títulos, subtítulos e texto. Há tipografias que são recomendáveis, de um modo genérico, para os títulos e outras para os textos. Ressalta-se também a importância de utilizar a família correta e garantir que seu conteúdo seja absorvido da maneira que você deseja.

Também é válido que se adote um espaçamento adequado entre as linhas para facilitar a leitura e torná-la fluida. Parágrafos de tamanho semelhante e bem alinhados para a esquerda também causam uma ótima impressão no que diz respeito à estética do texto. Evite justificar textos no seu site.

Cores: As cores devem ser padronizadas de acordo com as utilizadas na página inicial. Lembre-se que as cores são uma importante ferramenta na hora de construir sua marca. As cores podem causar diferentes impressões e sensações e o mesmo vale para as suas combinações.

Links: Destaque sempre os links do resto do texto utilizando uma cor que dê contraste, mas que não fuja da paleta de cores que você definiu para o site.

Ícones: Adote o mesmo padrão visual da página inicial para a utilização de ícones nas páginas internas. Evite o uso de ícones elaborados, com luz e sombra, e prefira pictogramas simples, com uma única cor. As chances de acerto serão maiores.

Espaçamento: É essencial que o espaçamento entre as palavras seja uniforme, porque isso permite uma leitura mais fácil e uma boa impressão do primeiro olhar da página. Defina qual será o espaço entre um elemento e outro, de modo a destacar seu conteúdo e criar um visual agradável e com mais chances de ser imediatamente aprovado, ainda que subconscientemente. Recomenda-se a mesma regra para o uso das cores: utilizar o mesmo padrão da página inicial.

4 – Imagens

Imagens são fundamentais, porque compõe o visual do seu site. Se forem originais é ainda melhor: fotos do seu produto ou da sua empresa aumentam muito a sua credibilidade. Imagens são mensagens não verbais lidas de imediato, que podem atrair o usuário para tirar um tempo para ler o seu conteúdo. É importante que as imagens tenham boa qualidade, luminosidade e que também se identifique com sua marca e com os produtos e serviços anunciados. Cores destacadas, filtros corretores e enquadramento é altamente recomendável no que tange às características das imagens. Fotografias amadoras demais passam sensações negativas e fulminam sua credibilidade.

Exemplo 

As fotografias possuem um estilo definido, por isso é interessante identifica-lo, defini-lo e seguir seu padrão. As dimensões das imagens e a sua localização na página também são muito importantes. Fotos originais também possuem a vantagem de aumentar o ranqueamento pelos buscadores.

5 – Hierarquia da Informação 

A forma mais eficiente de captar um visitante pelo conteúdo é colocar o que é relevante em destaque, porém de forma sucinta, de modo que seja necessário acessar o seu site para saber mais informações. É comum que muitos usuários optem por deixar o conteúdo em segundo plano, erroneamente. Os textos são o que os seus clientes buscam, seja uma informação, a descrição detalhada de um produto ou serviço, etc.

Os parágrafos – vale relembrar – devem ser uniformes, curtos e pontuando mudanças graduais de assunto, começando pelo básico, inserindo o leitor no tema de forma envolvente para proporcionar um aprofundamento depois, com detalhes específicos.Uma excelente dica é usar vários subtítulos com imagens diversas e parágrafos de rápida absorção. Ainda que o texto seja grande, parecerá pequeno e o leitor nem se dará conta do quanto está lendo, pois o termo perde a densidade.

Exemplo 

Crie um título, uma introdução breve e com elementos que despertem a curiosidade, seguidos por um subtítulo, uma imagem e um novo parágrafo, sempre de forma equilibrada.

6 – Navegue!

Não canse de acessar a sua página e procurar observá-la com os olhos de seu cliente. É uma excelente maneira de identificar o que está certo e errado.

Precisa de ajuda nas estratégias do seu site e impulsionar suas vendas online? Entre em contato: mendelsonthomesilva@gmail.com

Deixe um comentário!

2 Comentários

Deixe uma resposta