Home Vendas pela internet Acesso dos brasileiros à internet

Acesso dos brasileiros à internet

Compartilhe
Acesso-do-brasileiro-a-internet-movel
Print Friendly, PDF & Email

Pesquisa do IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou ontem, dia 29 de abril, uma pesquisa que reforça novamente o poder da internet na vida de mais de 85 milhões de pessoas pesquisadas. O estudo realizado em 2013 revela que o mundo virtual é acessado pelo celular em  53,6%  das residências brasileiras que acessam a rede. Os tablets estão também no nosso cotidiano e correspondem a 17,2%.

Isto comprova que é necessário ter atenção especial para este nicho de consumidores que só cresce a cada ano acompanhando as novas tecnologias móveis, criando tendência. Prova disso, é que o Google modificou seu algoritmo de ranqueamento para beneficiar as pesquisas móbiles (Ver meu artigo que trata desse assunto…)  Imagina, então,  o quanto  o número de pessoas conectadas cresceu  do ano da pesquisa até hoje?

Diante do contexto revelado pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do IBGE/2013, só nos resta destacar a importância de estar presente nesse mundo virtual, seja como empresa, pessoa, vendendo produtos e/ou serviços, escrevendo artigos em blogs para contribuir na propagação do conhecimento.

Enfim, temos que ter uma presença digital forte com várias qualidades pertinentes, entre elas ser compatível com as tecnologias móveis, ter uma otimização adequada obedecendo os critérios de qualidade exigidos pelos mecanismos de buscas (como rápido carregamento do site, informações bem organizadas e conteúdos de qualidade).

Estes são alguns dos pontos essenciais para que os mecanismos de buscas vejam seu site como fonte segura e importante de informação indicando a sua página para os usuários da rede.

A interface da pesquisa com o ranqueamento

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do IBGE/2013 enfatizando que a população brasileira visitada está utilizando fortemente os dispositivos móveis vai muito ao encontro de um artigo que postei no último dia 21 de abril, tratando justamente sobre as medidas que o Google estava tomando, a partir daquela data, quanto ao ranqueamento, visando favorecer o usuário que pesquisa através dos dispositivos móbiles.

No texto eu expliquei que essa melhoria a favor do usuário tinha a ver com a modificação do algoritmo de pesquisa que permitirá à pessoa a navegar em qualquer dispositivo móvel, tendo à disposição nesses equipamentos bom tamanho de texto para leitura, boa visualização das imagens, sem precisar redimensioná-las com os dedos.

É o que chamamos de sites responsivos. Oferecem boas experiencias de navegacao tanto em computadores quanto em smartphones e tablets.

Mas afinal o que a pesquisa do IBGE/2013 e a determinação do Google tem a ver com o ranqueamento? Tudo! Por que o Google percebendo o número cada vez mais crescente de pessoas pesquisando por dispositivos móveis (prova disso é o estudo do IBGE) decidiu que a partir do dia 21 de abril quem não se adequasse a sua norma – citada acima – perderia posições no ranqueamento.

Ou seja, o site poder até ter excelente conteúdo, mas se não oferece uma boa experiência de navegação, pode perder posições no ranking de pesquisa feita pelo usuário.

Portanto, é sempre bom lembrar que um site tem que ser otimizado, relevante, com conteúdos de qualidade e bem organizados para oferecer ao usuário (cliente ou potencial cliente) uma excelente experiência de navegação.

Pesquisa IBGE

Deixe um comentário!

Deixe uma resposta