Home Marketing Digital Marketing na internet – Pode te ajudar a Vender Mais

Marketing na internet – Pode te ajudar a Vender Mais

Compartilhe
Marketing-na-internet
Print Friendly, PDF & Email

Marketing na internet – é o que sua empresa precisa para aparecer bem e vender muito mais.

Não é novidade para nenhum empresário a necessidade de divulgação de sua empresa, produto ou serviço. Atualmente, todos sabem que quando as informações circulam as chances de sucesso de uma empresa são absurdamente maiores. Não são todas as empresas que arriscam investimentos maciços em marketing de qualidade devido a limitações financeiras ou pelo receio de que o investimento não dê resultados e seja na verdade um gasto apenas. Mas à medida que cresce e se impõe no mercado se torna crucial a necessidade de trabalhar a reputação e a visão que passa para os clientes, tanto os antigos, que de um modo geral ficam satisfeitos em ver a empresa da qual são fieis está presente na mídia, quanto para os novos clientes recém conquistados.

Quando se descobriu a força da propaganda de fato – esse recorte temporal pode ser feito na segunda metade do século XX – os profissionais do ramo mergulharam em pesquisas, estudos psicológicos e na economia, uma vez que puderam perceber que o lucro e as vendas de uma empresa poderiam se multiplicar muitas vezes caso se valessem de uma boa propaganda. Em muitos casos foram utilizadas até mesmo propagandas com viés hipnótico, que foram, posteriormente, proibidas. Isso revela a visão futurista de alguns empresários e a quase necessidade de permanecer o tempo todo na mente de seu consumidor, pois sua empresa, seu dinheiro, seu futuro e sua vida acabavam por depender disso.

O sábio empresário busca ser atualizado, ou pelo menos alinhado ao seu consumidor. O século XX nos ensinou que ainda que um vendedor dominasse todas as técnicas possíveis de venda não poderia fazê-lo se o seu consumidor não se visualizasse naquele produto, não precisasse dele ou sentisse desejo por ele. Isso não significa, no entanto, que os empresários devem se limitar a produzir exatamente aquela demanda existente, longe disso. As grandes empresas podem muito bem lançar novos produtos e fazer com que o seu consumidor descubra que precisa deles. Celulares é um bom exemplo disso, Quantas pessoas você conhece que não faz uso desse aparelho?

Assim como no século XX, no século atual, os consumidores, na maioria das vezes, não sabem o que querem. Gostam de novidades, de descobrir, de sugestões e é aí que está a oportunidade de vender. E vender bastante. Acontece que para que se tenha esse feeling é necessário que se tenha pelo menos um perfil de consumidor traçado. É perfeitamente possível que você convença o seu consumidor a adotar um novo estilo de vida através de um produto novo, visionário e que está na moda. No entanto, caso haja uma grande distância entre este produto e o perfil traçado de cliente que você possui seus esforços não funcionarão.

O marketing digital ou (eMarketing) funciona perfeitamente neste sentido. A internet nos dá a possibilidade de classificar, numerar e fazer uso de diversos tipos de estatísticas relacionando os consumidores e seus perfis, tornando-os previsíveis. Uma empresa irá ter dificuldades para atender a sua demanda se estiver um passo a frente de seu consumidor. As pessoas, em sua maioria, gostam de conservar alguns hábitos que deram certo no passado. De comprar numa loja conhecida que vendeu um bom produto. De fazer pesquisa de preço nos mesmos lugares antes de comprar. De ler os mesmos folhetins de promoções. De esperar as mesmas datas para comprar, entre outras coisas.

Na internet isso pode ser utilizado facilmente a favor do empresário. Se ele tentar entrar na mente de seu consumidor, poderá entender a maneira como ele busca algum produto. Vamos, então, supor que um consumidor sempre inicie a busca de uma mesma forma: entre no Google, abra diversos sites e vá fechando-os à medida que não encontra o que procura. Depois, clica em Google Shopping para visualizar melhor os produtos. Ou procure em algum site que mostra a relação direta de preços por produtos em várias lojas. São três passos que milhões de pessoas dão todos os dias. Ainda que a ordem seja diferente de alguma forma, a busca é a mesma. Se o empresário, valendo-se desta informação, souber onde colocar seus anúncios, quando resolver colocar links patrocinados na web, pode ter um alcance impressionante.

Dentro deste cenário, o marketing digital possui algumas vantagens inegáveis: o alcance da internet, os baixos custos e a rapidez com que os acessos ocorrem e as informações circulam. Isso tudo só funciona porque os consumidores aderiram ao universo online e nele se sentem à vontade para transitar. A evolução da divulgação digital só funcionou porque encontrou legitimidade no consumidor, ainda que o passo inicial (lançamento de novas tecnologias e produtos como o computador e as redes) tenha sido dado por uma empresa.

Agora imagine o tamanho do investimento que um empresário que investe em marketing off-line aplicado normalmente em veículos de comunicação como a TV, o rádio e o jornal impresso. Imaginou? Agora considere os limites de tempo que esses veículos impõem em cada anúncio, bem como a variação de preços de acordo com os horários mais ou menos nobres. Pronto? Agora imagine isso drasticamente reduzido, com alcance ilimitado e sem limites de horário. Parece bom demais para ser verdade, mas é apenas o marketing digital.

Os únicos impasses que se acredita ter com marketing digital giram em torno de erros estatísticos, de avaliação de perfil ou de falta de familiaridade com o consumidor online. Uma empresa tradicional quando quer publicidade não hesita em contratar um publicitário! Ou seja, um profissional especializado, cujos estudos se concentram exatamente naquilo que o empresário não sabe e necessita. O publicitário saberá lidar com imprevistos e dificuldades de forma muito mais segura do que o empresário sozinho, que além de tudo ainda tem preocupações referentes ao negócio em si para tratar. Na mesma linha de raciocínio, o marketing digital de qualidade exige um profissional especializado. Afinal, a internet proporciona o ambiente ideal para que as informações corram livres e ninguém quer desperdiçar estas vantagens com uma divulgação mediana.

Os profissionais do segmento podem ser encontrados na própria rede. Há diversos consultores, analistas, designers e produtores de conteúdo no mercado cuja demanda de serviços tem aumentado drasticamente, o que é um bom sinal, já que a procura pelos profissionais indica que os empresários percebem o quão fértil é o solo virtual e querem colher frutos dele – da melhor forma possível.

Se você precisa de ajuda para aparecer para seu público e vender mais através da internet, me envie um e-mail: mendelsonthomesilva@gmail.com

Deixe um comentário!

Deixe uma resposta