Home SEO SEO para Pequenas e Microempresas

SEO para Pequenas e Microempresas

Compartilhe
SEO-para-pequenas-e-microempresas
Print Friendly, PDF & Email

Veja como um fato simples me deu uma grande ideia para escrever este artigo sobre SEO para pequenas e microempresas

Uma rápida ida ao supermercado, uma fila interminável no caixa (moro perto de um ponto turístico, por isso lota em feriados e finais de semana). Quando volto ao estacionamento um motorista havia encostado demais no meu carro, fazendo um risco profundo que deixou uma boa quantia de cor prata na minha lataria de cor preta.

Um conserto, que poderia ser relativamente rápido em um bom funileiro, tornou-se uma verdadeira maratona. Primeiro fui na internet pesquisar funileiros no meu bairro, mas não encontrei. Achei apenas empresas oferecendo cursos de funilaria. Então, decidi encontrar um funileiro pelo bom e velho jeito, garimpando.

Dirigi por umas duas horas até encontrar uma oficina que prestasse o serviço e me passasse confiança. Esperei por uma hora para que o reparo fosse realizado. Exausto, ao voltar para casa fiquei pensando nas três horas perdidas e conclui que se a empresa anunciasse na internet, eu poderia ter perdido somente uma hora. Diante deste cenário, cheguei decidido a escrever um artigo explicando como pequenas empresas podem se beneficiar e beneficiar quem procura por seus produtos e serviços simplesmente divulgando seu segmento de serviços na internet.

Da mesma forma que eu precisei de um serviço e fui pesquisar na internet, milhares de outras pessoas fazem o mesmo, pesquisando desde oficinas de reparo rápido até onde comer uma boa pizza, por exemplo. Estar presente presente no ambiente virtual é essencial para a empresa que quer aproveitar todo o potencial da internet e faturar muito mais.

Sendo assim, baseado nos meus estudos em SEO e Marketing Digital (tenho estudado e aprendido com o Conrado Adolpho e Natanael Oliveira, dois ícones nacionais do Marketing Digital), vou escrever sobre o que acredito ser essencial para as empresas que querem e podem gerar negócios através da internet,  mesmo que sejam pequenas ou micro-empreendimentos. Vamos lá:

É necessário ter um site

Parece meio óbvio, mas assim como a oficina que encontrei por acaso depois de muito procurar, a maioria das pequenas empresas não tem um site, pois acreditam que seu público não está na internet. É um pensamento errado. De acordo com dados do Sebrae “94% dos internautas pesquisam sobre produtos e serviços antes de comprar. Se a sua empresa ou o seu produto não estiver presente na internet, há uma boa chance do seu cliente (ou potencial cliente) comprar do concorrente.”

Portanto, o site é um investimento que se bem trabalhado te dará o retorno investido em pouquíssimo tempo. Você vai gastar R$ 30,00 (anual) de registro de domínio, para ter um site com o nome da sua empresa. Vai precisar pagar também R$ 20,00 por mês em um bom serviço de hospedagem. Para o desenvolvimento do site, é essencial contar com os serviços de um profissional adequado que desenvolverá um modelo já otimizado para os dispositivo móveis e otimizado também para rápido carregamento das imagens e conteúdo. Logo, contrate um profissional experiente que realizará esse serviço com qualidade e preço justo.

Lembre-se que esse investimento será responsável por manter sua empresa disponível na internet sem restrições de horários, funcionando 24 horas por dia e 7 dias por semana, sem custo de funcionários, energia elétrica ou água. Sua empresa disponível em apenas um clique. Esse site pode ter apenas informações institucionais da empresa e dos serviços e produtos que possui, estendendo-se até uma loja virtual, se for do seu interesse. Se você é um prestador de serviços, um site institucional que apresente seu segmento de serviços e produtos é suficiente.

É importante manter esse site atualizado

Esse é um temor de muitas empreendedores: “não tenho assunto pra atualizar direto o site”. Aqui entra uma outra dica que aprendi com o Natanael Oliveira. Ter um blog no seu site é uma excelente forma de manter uma atualização constante. Mas como faço isso? Vou exemplificar com a oficina de funilaria. Imagine que a oficina tem um site e nele há um artigo como: proteja o risco da lataria, para facilitar o reparo. Eu encontrei a oficina, já sei onde resolver meu problema. Se vejo no blog dele um artigo que fala que proteger o risco como uma fita adesiva pode facilitar o reparo, já encontrei um motivo a mais pra contratar os serviços, afinal além de encontrar rápido quem me prestará o serviço, ainda recebi uma dica gratuita de como proteger meu patrimônio. É um exemplo de conteúdo que pode ser inserido no site, mantendo sempre atualizado e oferecendo informações relevantes para quem pesquisa.

Marque presença nas redes sociais

Facebook, Instagram, Twitter e Google Plus são algumas das principais redes sociais. Especialistas em redes sociais são unânimes em afirmar que é essencial marcar presença nessas redes, ou pelo menos duas, como o Facebook e o Google Plus. Facebook por se tratar da maior rede social utilizada no Brasil e no mundo. Google Plus por ser a rede social do maior buscador da internet, o Google. Então ter uma boa relação com ele é fundamental. Outro fator importante é que você pode usar as redes sociais para apontar links de conteúdo para o seu site, o que gera mais relevância para os mecanismos de  buscas.

Seja encontrado nas buscas locais

Quando o usuário pesquisa sobre produtos ou serviços em um bairro ou cidade, ele encontrará o resultado das opções de empresas nesse local. Essa busca tem relação direta com a intenção de pesquisa do usuário por produtos ou serviços, com o objetivo de entender o que ele quer encontrar em nível local. Para saber mais, leia meu outro artigo sobre Google Meu Negócio e Busca Local. Quando o usuário pesquisa através do celular (pesquisam indicam que esse tipo de busca já ultrapassam mais da metade das buscas), há grandes chances dele estar em busca de resultados próximos a ele. Se a sua empresa estiver com a presença online atualizada e embutida nesse sistema de pesquisa do Google, são grandes as chances de ser encontrado.

Mais uma dica valiosa

Faça vídeos sobre a sua empresa. Não precisa ter um equipamento profissional para isso. Você pode gravar com o celular e publicar no youtube. Você gastará apenas tempo e criatividade para isso. Grave vídeos mostrando os sistemas de trabalhos realizados por sua empresa, dê dicas sobre seus produtos, grave e publique depoimentos de seus clientes (com a devida autorização, claro). Apresente aos seus clientes e possíveis clientes soluções que seus produtos ou serviços darão para os seus anseios. Dessa forma o engajamento para sua a marca será ainda maior. Os próprios clientes divulgarão os vídeos que se tornarão peças super relevantes de divulgação, tornando sua empresa mais conhecida, admirada e indicada.

Bom, terminei minha explanação sobre o incidente ocorrido comigo que me deu a ideia para escrever esse artigo sobre SEO para pequenas e microempresas e como essas empresas podem usar a internet para aumentar seu raio de ação. Se aconteceu comigo, com certeza outras pessoas podem necessitar e pesquisar seus produtos e serviços na internet. O melhor é que elas tenham maior facilidade de encontrar sua empresa, caso você decida usar essa história para melhorar seu posicionamento online.

Se você quer minha ajuda personalizada para criar uma presença online ideal para sua empresa, preencha o formulário abaixo:

Preciso de uma Presença Online
Deixe um comentário!

2 Comentários

Deixe uma resposta